Whatsapp
Região de interesse

Blog

14/08/2020

Não perca mais tempo: é hora de reorganizar a alimentação e proteger a imunidade

dicas nutri

Lá se vão quase 5 meses de pandemia e, confesse, você anda comendo muito mal, de forma desregulada. Home office, academias fechadas, lugares limitados para comprar alimentos… São muitos os problemas para se adaptar ao tão comentado “novo normal”. Mas, com foco e disciplina, é possível fugir dos clichês e melhorar a saúde. Nós conversamos com a nutricionista Êmilli Nascimento, que deu todas as dicas para quem quer sair da inércia. Sem mais desculpas!

Com a pandemia, os hábitos alimentares ficaram um pouco bagunçados. Muita gente passou a ficar mais em casa e comer mais, outros perderam a qualidade da alimentação, seja por falta de tempo ou por falta de habilidade na cozinha. Qual o primeiro passo para tentar retomar uma rotina alimentar? A pandemia nos desestabilizou um pouco, não é? Isso aconteceu com todo mundo e tem seu lado bom, que foi perceber a necessidade de ter um estilo de vida saudável. Então, diria que o primeiro passo para retomar a rotina alimentar saudável é se organizar com as compras dos alimentos que fazem parte do teu plano alimentar. Fazer aquela listinha de compras, trazer para casa e ter tudo que você precisa para iniciar novamente.

Para quem está em home office, fica muito na frente do computador e já não consegue mais dividir bem o tempo entre a casa e o trabalho, como fazer essa ruptura? Essa é uma das dificuldades mais faladas no consultório: “como eu faço no home office, nutri?” E vou te dizer que é bem difícil responder, porque cada um tem a sua rotina dentro de casa e cada um terá uma forma diferente de encarar esse desafio. A minha dica é tentar manter os horários o mais próximo do habitual. Vamos pensar assim: se você em home office deve obedecer seu horário de trabalho, das 9h às 18h, por exemplo, o mesmo deve ocorrer com a sua alimentação. Respeite os horários, organize as refeições como se fosse sair, assim fica mais difícil esquecer de realizar a refeição ou ter que sair correndo para preparar o lanche. ORGANIZAÇÃO É A PALAVRA-CHAVE AQUI.

A gente sabe que pela pandemia, também o acesso a determinados tipos de alimentos diminuiu, pois nem todos têm acesso aos supermercados mais diversificados. É possível comer bem com itens mais simples? S-U-P-E-R POSSÍVEL. Nesse momento da quarentena, fiz muitos ajustes nos planos alimentares dos meus pacientes, com esse objetivo de simplificar mais o plano, já que boa parte dos estabelecimentos estão fechados ou com atendimento limitado.

E os alimentos, como pão integral, arroz integral, frutas, carnes e ovos, mesmo esses dois primeiros sendo temidos por muitos, são de fácil acesso, possuem um valor acessível e podem estar num plano de emagrecimento sem prejudicar em nada. Tudo vai depender da quantidade que o indivíduo precisa de cada um dos nutrientes.

Sabemos que a covid-19 ataca a baixa imunidade do organismo. Quais alimentos devemos privilegiar para melhorar a nossa imunidade? Quando nossa imunidade fica mais baixa, ficamos mais propensos a desenvolver resfriados, gripes e agora lutar contra o COVID-19. Então, mais do que nunca, é momento de nos cuidar. E esse cuidado começa numa alimentação equilibrada e saudável.

Temos alguns alimentos que podem contribuir na nossa imunidade:

Frutas cítricas como limão, laranja, bergamota - podem estimular o sistema imunológico; Pode ser consumida a fruta ou suco da fruta para quem não apresenta nenhuma patologia;
O mel também pode ser utilizado para ajudar o sistema imunológico e ele apresenta efeito expectorante. Podemos trocar o açúcar do cafezinho pelo mel, por exemplo, ou então colocar naquela panqueca de banana para adoçar. Fica o alerta para não exagerar no consumo, ok?

Cúrcuma ou açafrão também estão nessa lista de alimentos, pois possuem fitoquímicos que protegem nosso corpo. Poderia ser usado num shot da manhã ou no arroz pós-cozido, fica uma DELÍCIA.

E a última dica é o alho que todos temos em casa! O alho tem ação antiviral, antioxidante e reforça o nosso sistema imunológico por ser rico em alicina.

E para quem deixou de caminhar mais ou precisou abandonar a academia neste período. Vale a pena fazer exercícios em casa? Quais? Super vale! Manter-se ativo faz bem não só para o corpo fisicamente, faz bem para a nossa saúde psicológica. É um dos pilares do estilo de vida saudável. Lembra que falei no ínicio sobre o que aprendemos nessa pandemia? Se não lembra, lê de novo para fixar bem hehe.Sugiro sempre procurar um profissional da área da Educação Física para auxiliar na prática das atividades.

Você quer deixar alguma dica final para nossos leitores?
Quero dizer para quem está lendo: você não está sozinho com todas essas dúvidas e que eu espero ter te ajudado um pouco nesse momento. Quero te lembrar que a vida continua acontecendo, você tem capacidade para mudar e a tua oportunidade de melhorar a alimentação ou atividade física é hoje, é agora, não espera tudo isso acabar! HOJE! Um dia de cada vez, só siga em frente.

Pra finalizar, veja as 5 dicas principais que a nutri deixou:

Voltar
  • Rua Furriel Luíz Antônio de Vargas, 154
  • Bairro Bela Vista - Porto Alegre / RS
  • CEP 90.470-130
  • Fone: 
  • 51. 3391.8504